Uma falha na rede elétrica que alimenta a Central de Vacina de Matias Barbosa, na madrugada dessa quinta-feira (3), pode ter inutilizado 1.326 doses de vacinas contra a Covid-19.

Conforme o Departamento de Saúde de Matias Barbosa, o problema comprometeu o funcionamento das câmaras de armazenamento, que ficam na Policlínica e armazenavam as vacinas contra coronavírus e demais imunizantes no momento do ocorrido.

Após a falha, a Administração acionou a Superintendência Regional de Saúde de Juiz de Fora e encaminhou os imunizantes para análise. O objetivo é verificar se as vacinas foram comprometidas.

Em nota, a Superintendência explicou que “foi informada da situação e os procedimentos para investigação de imunológicos sob suspeita foram tomados”. A Regional não informou prazo para os resultados que indicarão se as doses foram ou não perdidas.

A Polícia Militar e a perícia da Polícia Civil foram acionadas para registrar e apurar o ocorrido.

De acordo com o portal G1, a Cemig informou que não há registro de falta de energia por parte da companhia para o endereço.

Reagendamento da vacinação

Conforme Prefeitura de Matias Barbosa, das 1.326 doses de vacinas contra a Covid-19, 502 eram destinadas à primeira dose e 824 para a aplicação da segunda.

O Município informou que os profissionais do Posto de Saúde da Família (PSFs) irão reagendar a vacinação do público que aguarda a segunda dose da vacina contra a Covid-19. Já a primeira aplicação, segue paralisada e a Administração aguarda a chegada de novos imunizantes.

Fonte: G1

 

 

Comentários
COMPATILHAR: