Uma vaquinha virtual foi criada para ajudar no tratamento de uma adolescente de 16 anos, moradora de Divinópolis. Camila Ribeiro desenvolveu um tumor raro no cérebro e a família tem buscado tratamentos fora da medicina convencional.

De acordo com o portal G1, por conta das complicações financeiras, a mãe de Camila, Viviane Ribeiro, decidiu investir em uma vaquinha virtual que conta com apoio de amigos e familiares. A meta é arrecadar R$ 30 mil.

Viviane relatou que os médicos informaram que geralmente o tipo de câncer de Camila acomete pessoas acima de 50 anos e do sexo masculino. Não há cura para a doença e não é possível a retirada total do tumor em uma cirurgia, pois ele não tem forma definida e ainda se mistura com as células boas do corpo.

“A medicina convencional se tornou limitada diante do caso. Então buscamos outros tratamentos que possam ajudar a manter esse tumor como está e mais ainda, tentar fazer com ele regrida”, disse.

Diagnóstico

O diagnóstico de Camila foi um choque para toda família, que ainda assim mantém dentro de casa o mesmo espírito animado e amor que sempre compartilharam um com o outro. O irmão da adolescente, Júlio César Ribeiro, faz questão de se manter próximo e direcionar carinho nesse momento difícil.

Diante das limitações da medicina convencional, Viviane contou que a irmã dela viu em um grupo de apoio para esse tipo de tumor, uma alternativa.

“Obtivemos informações de outros tratamentos para ajudar no fortalecimento da Camila, aumento da imunidade, até que a gente consiga a cura completa desse tumor”, pontuou.

Mesmo sendo um tratamento alternativo, o custo é elevado e a família precisa chegar à meta de R$ 30 mil na vaquinha virtual.

“Não é nada fácil passar por uma doença, independe de qual seja. Mas a gente ter que ser forte, procurar apoio e lutar contra isso”, enfatizou Camila.

Para ajudar na vaquinha, basta acessar Camila contra o câncer cerebral.

Fonte: G1

Comentários