Nesta terça-feira (28), por volta das 14h, representantes da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) realizaram uma campanha de segurança no trânsito, visando conscientizar motoristas e pedestres para uma convivência segura com a linha férrea.
Emerson Dinoli, superior patronal da Transbank, empresa terceirizada da FCA, contou que esta é uma campanha que é realizada em Formiga todos os anos e o principal objetivo é conscientizar as pessoas a respeitarem a sinalização da chamada Cruz de Santo André: pare, olhe e escute, a fim de evitar acidentes.
O superior patronal da Transbank fez um alerta: ?para a população ter consciência do risco e respeitar a sinalização, pois o grande objetivo desta campanha é prevenção de acidente aqui em Formiga? .
Também vale a pena lembrar que a maioria dos acidentes com locomotivas causam acidentes fatais, então, a FCA dá algumas dicas para evitar acidentes na linha férrea:
– Respeite a sinalização do trem e não seja imprudente;
– Ao ouvir a buzina, fique atento: é sinal de que o trem vai passar;
– Preste atenção no cruzamento da ferrovia com a rua: pare, olhe, escute;
– Não atravesse no meio do vagão e nem ande próximo aos trilhos;
– Não caminhe pelos trilhos;
– Não brinque na linha férrea.
Em diálogo com o guariteiro que estava de plantão durante a ação de segurança, ele disse à redação do portal Últimas Notícias e do jornal Nova Imprensa que a maioria dos motoristas não respeita a sinalização da Cruz de Santo André, principalmente os motociclistas. O motorista que não respeita esta sinalização pode estar colocando em risco a própria vida e de outras pessoa,s além de cometer uma infração de trânsito.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro:
Art. 212: Deixar de parar o veículo antes de transpor a linha férrea é infração gravíssima. O condutor que infringir o código pode levar multa e perder até 7 pontos na carteira.
Art. 29: Os veículos que se deslocam sobre trilhos terão preferência de passagem sobre os demais, respeitadas as normas de circulação.
Art. 32: O condutor não poderá ultrapassar veículos em vias de duplo sentido de direção e pista única, nas passagens em nível.
Art. 202: O condutor não poderá ultrapassar outro veículo nas passagens em nível.
Art. 44: Ao aproximar-se de qualquer tipo de cruzamento, o condutor do veículo deve demonstrar prudência especial, transitando em velocidade moderada, de forma que possa deter seu veículo com segurança para dar passagem a pedestre e a veículos que tenham o direito de preferência.

Guariteiros bancados pela Prefeitura
Em Formiga, há 14 passagens de nível, que demandam cerca de 60 garis, que se revezam dia e noite para garantir a segurança durante a passagem dos trens, sendo todos bancados pela Prefeitura. A Ferrovia Centro-Atlântica ainda não se mostrou interessada em assumir esta responsabilidade e o Executivo já tentou se reunir com os representantes da FCA para discutir o assunto, mas, até agora, não obteve êxito. Enquanto isso, o município fica bancando os guariteiros para a Vale do Rio Doce, detentora da FCA, se enriquecer ainda mais.
Questionado se a ferrovia irá assumir as guaritas, o superior patronal da Transbank, Emerson Dinoli, que esteve em Formiga representando a FCA e que foi credenciado para falar com a imprensa disse que não sabia responder sobre o assunto. É necessário fazer uma campanha de conscientização também junto aos dirigentes da Ferrovia Centro-Atlântica para essa questão.

COMPATILHAR: