Depois de levantamentos com números animadores à respeito da diminuição da infestação de mosquitos e larvas com o vírus da dengue, mais uma vez, Formiga volta a um estado de médio risco em relação à doença.
O Levantamento de Índice Rápido ? LIRAa foi realizado em 1.704 imóveis, entre residências, terrenos baldios, comércios e outros de 21 a 24 de outubro pelo Setor de Endemias. De acordo com os resultados, o índice de infestação predial da cidade está em 1,9. A maioria dos focos foi encontrada em residências.
Boa parte dos focos foi encontrada em depósitos para armazenamento de água para consumo humano, devido ao período crítico de escassez de água vivido pela população por causa da seca.
O município atualmente conta com uma equipe de 50 agentes de campo, cinco supervisores, um coordenador, dois agentes no serviço de digitação e trabalhos educativos, para o combate à dengue.

Ações Preventivas

A Equipe de Educação em Saúde tem realizado varias ações de mobilização social em 2014. Pedágio Educativo, Distribuição de Material para os PSF?s, Trabalhos nas escolas do município, palestras, teatros, gincanas, etc.
O Setor de Controle de Endemias firmou, em abril de 2014, parceria com a empresa Trevo Agaricus Ltda, situada na saída do município. A intenção dessa união é recolher, armazenar, aproveitar e dar destinação correta para os pneus inservíveis.
Quando são provenientes de residências e de pouco volume, os rodantes são recolhidos pelo setor da dengue e encaminhado para o local. Se a demanda for maior, como em borracharias ou outro locais, o proprietário quem fica responsável pelo recolhimento.
A cidade estava, há um tempo, sem local destinado para esse tipo de material.
Para o coordenador de endemias, Ismael Geraldo da Silva, a parceria teve grande importância para o controle do vetor na cidade uma vez que os pneus é um dos grandes problemas de enfrentamento da dengue. ?A Secretaria Municipal de Saúde está buscando também novas parcerias que envolvam um número maior de pessoas nessa luta contra a dengue. Aproveitamos ainda para chamar atenção da população para que a mesma possa também posicionar-se no combate à dengue, uma vez que a infestação domiciliar é significativa, é a maior, e lembrá-los que a dengue mata?, comentou Ismael Geraldo da Silva.

2013
Para comparação, em mesmo período do ano passado, o índice foi de 2,2, tendo uma diminuição de 0,3 no resultado. As estatísticas apontam que resultados entre 0 até 0,9 o município enquadra-se em situação de baixo risco; de 1,0 a 3,9 é médio risco e acima de 4,0 é considerado alto risco.

Comentários
COMPATILHAR: