Após assembleia realizada na noite desta quarta-feira (17), servidores dos Correios de Minas Gerais decidiram entrar em greve.
Os Funcionários da Agência dos Correios de Formiga não aderiram à greve, iniciada em todo o país na manhã desta quinta-feira (18), por tempo indeterminado.

Segundo nota publicada no site do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios (Sintect-MG), entre as reivindicações estão o reajuste salarial de 47,8%; o fim da terceirização e a contratação de 110 mil trabalhadores; e a entrega de correspondência pela manhã.

De acordo com os Correios, 96,92% dos funcionários trabalharam normalmente em todo o Estado, o que corresponde a 12.252 pessoas. Sobre as negociações, a companhia informou que cinco sindicatos aceitaram reajuste de 8% dos salários, que estuda a contratação de novo concurso público e testa a questão da entrega no período matinal.

Em Belo Horizonte, cerca de 50 funcionários dos Correios fizeram uma manifestação, na manhã desta quinta. No início do ato, alguns manifestantes impediram colegas de trabalho de saírem do estabelecimento.

Comentários
COMPATILHAR: