O gerente-geral da Viação Campo Belo e Viação Formiga, Haroldo Goulart Rabelo, fez uso da ?Tribuna do Povo?, durante a reunião na Câmara Municipal, na segunda-feira (10), para falar sobre o aumento nos preços das passagens dos coletivos e o atraso nas linhas de ônibus.
Na oportunidade, o vereador José Gilmar Furtado (Mazinho/DEM) apresentou um vídeo elaborado por usuários dos coletivos, que aparecem nas cenas reclamando do atraso dos ônibus e da falta de educação de alguns motoristas que não param nos pontos quando são acionados.
Uma moradora deu nota zero aos motoristas e disse que já ficou mais de uma hora esperando o ônibus passar. Uma aluna contou que sempre chega atrasada na escola, por causa dos horários dos coletivos. Outra passageira disse que precisa haver melhorias no atendimento. ?Como usuária dos coletivos de Formiga, o que eu quero e acredito, é o mesmo que todos os usuários desejam: pontualidade, preço, inovação, segurança, respeito, profissionalismo e conforto. Nada disso a empresa está atendendo no momento. Em nome de todos, eu peço às autoridades que abram um processo licitatório para outros concorrentes, assim teremos qualidade e preço?, disse.
Haroldo Goulart salientou que o vídeo apresentou somente os pontos negativos e disse que realmente estão com o itinerário atrasado em horário de pico, uma vez que o principal problema hoje em Formiga é o trânsito. O gerente elencou vários motivos para os atrasos como: excesso de veículos, semáforos e quebra-molas irregulares, linha férrea, pintura de faixas, ruas estreitas com mão e contramão, circulação de veículos de grande porte e veículos estacionados em lugares impróprios, o que obriga o ônibus a parar no meio da rua.
?O que falta no nosso trânsito hoje é planejamento, fiscalização, reestruturação e punição. Nós já procuramos o Executivo, o Poder Judiciário e informamos nossas dificuldades. Já colocamos dois reforços em nossas linhas. Um funcionário fica no Terminal Rodoviário controlando todos os horários, monitoramos os nossos horários através do sistema de bilhetagem. Em agosto, o total geral das linhas foram de 11.696 voltas, desse total, 236 voltas atrasadas, número de viagens perdidas foram de 144?, explicou o gerente.
Haroldo Goulart contou que a Viação Formiga contratou uma empresa para fazer um trabalho nas linhas da empresa e detectar o que precisa ser feito para melhor o atendimento ao público. ?Se uma viagem hoje gasta 30 minutos e precisar passar para 40, ou 50 minutos, nós vamos passar. Se precisar fazer um terminal, nós vamos fazer?.
O gerente da viação falou que o preço dos reajustes de passagens estão abaixo do mercado. Ele apresentou uma planilha com os valores das passagens de várias cidades de Minas Gerais. O reajuste deve passar para R$2,20 no final de outubro ou início de novembro. ?Sem reajuste não tem como fazer investimentos, temos pagamentos de funcionários, troca de pneus e outros?.
Os vereadores também falaram sobre a real situação do trânsito no município e pediram a compreensão dos motoristas. A empresa conta atualmente com 19 ônibus e 75 funcionários. Na linha diária, circulam cerca de dez ônibus e dois ligeirinhos, transportando cerca de 160 mil passageiros por mês, segundo informou Haroldo Goulart.

Comentários
COMPATILHAR: