O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, adiantou que o governo deve propor a criação de uma agência reguladora única para a área de comunicações. A afirmação foi feita na quinta-feira (28) durante reunião com integrantes da Frente Parlamentar pela Liberdade de Expressão e o Direito à Comunicação com Participação Popular.
A agência reguladora deve ser criada a partir da reformulação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e cuidaria de outras formas de comunicação, de acordo com o ministro.
Além da nova agência reguladora, estuda-se a possibilidade de o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) ter permissão para avaliar concentração de poder nas concessões de rádio e televisão.

Comentários