Um homem de 45 anos foi preso na manhã desta segunda-feira (26) após tentar estrangular a namorada, de 37 anos, grávida de cinco meses, após ela ter esquecido de lavar uma blusa dele. O caso ocorreu no bairro Renascença, na região Leste de Belo Horizonte.

De acordo com a o boletim de ocorrência, a vítima contou que estava dormindo e foi acordada pelo namorado que já a questionava se ela havia lavado a roupa. Ela disse ao suspeito que havia esquecido, foi quando ele então mandou que ela levantasse para lavar a blusa.

A mulher atendeu ao pedido. Depois que estendeu a blusa no varal, já lavada, o homem pediu que ela lavasse a blusa novamente. Nesse momento, segundo a mulher, o rapaz estava mais agressivo e começou a desferir chutes, puxões de cabelo e tentou enforcá-la. O suspeito teria a jogado no chão e continuado com as agressões. A vítima também relatou que o homem passou a enforcá-la com mais força.

Vizinhos escutaram os gritos e chegaram para intervir na briga. A vítima relatou ainda que, após a intervenção dos vizinhos, o homem a obrigou a tirar a camisa que estava suja de sangue e lavá-la. Em seguida ele teria pegado a blusa, jogado em um vaso sanitária e arremessado a mesma blusa no rosto da vítima.

A mulher afirma que só conseguiu sair do imóvel quando o companheiro foi dormir. Ela chamou a polícia e foi encontrada sentada no meio fio da rua onde mora, chorando e com um corte na testa. A mulher possui uma medida protetiva contra o companheiro, que segundo ela, é usuário de drogas. Mas aceitou o retorno dele para casa na última quinta-feira (22), após procurá-la e levar em conta de que está grávida dele.

Prisão

Após o relato da vítima, os policiais se dirigiram para a casa do casal. Ao pedirem que o suspeito saísse da casa, os militares ouviram um barulho na parte lateral do local, semelhante ao de alguém que estaria em fuga. Ao entrar na casa, os policiais perceberam que o homem havia fugido por uma janela. Ele foi encontrado em um segundo imóvel nos fundos do lote e preso.

A mulher foi levada para receber atendimento médico do Pronto Socorro do Hospital Odilon Behrens e passa bem. A ocorrência foi encerrada na Delegacia de Plantão Especializada em Atendimento à Mulher.

Fonte: O Tempo

Comentários
COMPATILHAR: