Publicado pela editora 3i, com a idealização do Instituto Prístino em parceria com o MPMG, por meio da Coordenadoria Especial de Defesa da Fauna (CEDEF), o guia ”O comércio ilegal de fauna em Minas Gerais – as 15 espécies de aves mais traficadas no estado: conhecer para preservar!”, objetiva despertar o interesse das pessoas em conhecer as aves em seu ambiente natural e com isso estimular a proteção da fauna.

A partir de informações atualizadas, por meio de análises realizadas no âmbito de grupo temático que discute ações para o combate de tráfico de silvestres, foram identificadas as espécies mais traficadas que compõem a publicação.

Além das informações biológicas, características de identificação e da distribuição geográfica do animal o material inova por proporcionar experiência interativa para o leitor: O canto referente à ave poderá ser escutado através de QR CODE.

O tráfico de animais silvestres ainda persiste como uma das principais ameaças à fauna brasileira. Ações de enfrentamentos que proporcionam a socialização do conhecimento são alternativas poderosas para o combate do comércio ilegal.

Diante da necessidade de uma visão holística de preservação ambiental, valioso o resultado do trabalho apresentado.

Temos aqui o privilégio de conhecer os encantos de nossa biodiversidade, frente a isso nos resta o dever de preservá-la.

Baixe gratuitamente clicando aqui

Fonte:MPMG

Comentários