A polícia procura pelo assassino de Geraldo Marques Alves, de 38 anos, morto a tiros dentro do banheiro de casa, no bairro Amaral, na cidade de Nova Serrana. O corpo foi encontrado pela mulher, sobrinha e filho da vítima. O crime, de acordo com a polícia, teria sido motivado por uma dívida de R$ 400. O homicídio foi registrado na segunda-feira (24), mas divulgado à imprensa apenas nesta quarta.
De acordo com militares da 28ª Companhia Independente, por volta das 12h30, Geraldo estava em casa com a família, quando o suspeito invadiu o imóvel – que fica na rua Dois – e atirou várias vezes contra a vítima. Segundo relatos da mulher dele, ela estava dentro do quarto, acompanha da sobrinha e do filho do casal, enquanto Geraldo se encontrava deitado no outro quarto.
Ela ouviu barulho de tiros e, em seguida, gemidos de uma pessoa. Ao sair do quarto para ver o que estava acontecendo, viu um homem desconhecido saindo correndo da casa. Ainda segundo relatos da mulher, Geraldo tinha uma dívida de R$ 400 referente ao tráfico de drogas, o que pode ter motivado o crime.
A perícia compareceu ao local e constatou três perfurações sendo uma debaixo do braço direito, outra no antebraço esquerdo e outra na região abdominal. Segundo os peritos, a vítima foi encontrada todo ensanguentada e sem sinais vitais. Segundo denúncia anônima, o suspeito estaria circulando pelas ruas do bairro Amaral logo após o crime. No entanto, conseguiu fugir e ainda está foragido.

Comentários