Na tarde desse sábado (8) após informações via “190”, militares do Pelotão de Itapecerica deslocaram até uma loja localizada no centro da cidade onde a proprietária alegou que, após ter deixado seu aparelho celular sobre o lavabo do banheiro e por poucos instantes ter saído da loja, ao retornar não encontrou o aparelho, percebendo assim que ele havia sido furtado. Com auxílio das câmeras de monitoramento do sistema “Olho Vivo”, foi visualizado quando um indivíduo, bastante conhecido no meio policial pela prática de furtos, entrou e saiu do citado estabelecimento.

A equipe PM deslocou até a residência do indivíduo, o qual perante testemunhas, confirmou que furtou o aparelho celular e que o havia vendido para outra pessoa, pela quantia de R$ 30, e mais algumas pedras de crack.

A equipe foi até a casa do indivíduo suspeito de receptar o aparelho celular, onde após localizá-lo indagou-o, tendo ele relatado que foi procurado pelo autor do furto e que realmente pagou a quantia de R$ 30, pelo aparelho, mas negou a venda de droga e disse que não sabia que o aparelho era de procedência duvidosa.

Após recuperado o aparelho, deu-se voz de prisão em flagrante aos suspeitos por furto e receptação, além de resistência à prisão, já que o autor do furto, no momento de sua prisão, tentou agredir os militares apoderado de um bastão de madeira, onde foram utilizadas técnicas de imobilização, sendo ele contido. O aparelho celular furtado, bem como o bastão utilizado na tentativa de agressão aos militares foram apreendidos e encaminhados juntamente com os autores ao plantão da Policia Civil, em Formiga.

A Polícia Militar alerta sobre os cuidados à movimentação estranha junto ao comércio, nesse momento de reabertura do comércio. Sempre se atentem para o cuidado com seus pertences pessoais, como bolsas, carteiras, dinheiro, aparelhos celulares, nunca deixando-os à mostra ou fora do campo de visão, pois isso fomenta a prática desse tipo de delito.

A Polícia Militar reitera ainda que as pessoas não comprem objetos de procedência duvidosa, pois além de fomentar o crime de furto, estarão sujeitas a responder pelo crime de receptação, previsto no art. 180 do Código Penal.

Fonte: Polícia Militar

Comentários