Um austríaco de 59 anos foi preso depois de passar os dois últimos anos vivendo de graça em hospitais do país. Ele fingia doenças e dores para conseguir as internações e, assim, fugir do aluguel.
O sujeito, que é desempregado há 21 anos, fingiu tantas doenças e problemas que conseguiu permanecer em 93 hospitais diferentes desde 2005, disse a polícia de Muerzzuschlag, em Styria, na Áustria.
Um médico do hospital de Muerzzuschlag ficou com a pulga atrás da orelha depois de não encontrar nada de errado com o paciente. Ele tinha sido levado à instituição alegando ter sofrido sérios traumas cranianos após uma queda.
O custo de seu golpe ao sistema de saúde austríaco foi estimado em mais de 100 mil euros (cerca de R$ 260 mil), de acordo com a polícia.
Agora ele vai continuar morando de graça, mas dessa vez na cadeia.

Comentários