A Polícia Militar compareceu na Fazenda Poço da Santa, zona rural de Iguatama, no sábado (3), por volta das 10h45, onde a mãe de uma menor, de 12 anos, contou que a adolescente estava desaparecida há três dias.
Os militares já haviam levantado informações de que a vítima estaria na residência de um funcionário de 50 anos, da mesma fazenda, e se deslocaram até local. A adolescente foi encontrada no interior da casa e relatou que estava trabalhando na limpeza, recebendo R$20, além de ter recebido de presente um aparelho celular no valor estimado de R$400.
A irmã da vítima, de 9 anos, informou à PM que, quando acompanhava sua irmã até a casa, era colocada em um quarto e aguardava o funcionário ficar sozinho em outro quarto com a adolescente. O comissário de menores foi informado sobre os fatos e passou a acompanhar a ocorrência.
A vítima foi conduzida ao hospital do município para exames médicos, porém, não havia especialista. Na presença do médico de sua mãe e de testemunhas, a adolescente declarou que estava mantendo relações sexuais com o suspeito há vários meses. De acordo com o BO 2.246/09, o homem autor foi preso acusado de corrupção de menor, seguido de estupro consumado.

COMPATILHAR: