Uma mulher de 53 anos teve a casa invadida pelo ex-namorado, de 40 anos, foi estuprada e espancada, tendo a prótese dentária quebrada, em Uberaba, no Triângulo Mineiro, nessa segunda-feira (31). De acordo com a Polícia Militar, a vítima contou que é sempre agredida pelo suspeito que não aceita o fim do relacionamento. A mulher já registrou 14 ocorrências contra o homem. 

Nesta segunda, o suspeito viu o portão da casa da ex entreaberto e invadiu a residência. Ele começou uma discussão com ela dizendo que ela estava com outra pessoa e que isso não poderia acontecer, já que, nas palavras do suspeito, ela “pertence a ele”. 

Em seguida, o ex forçou uma relação sexual e depois começou a dar vários socos no rosto da vítima até quebrar sua prótese dentária. Ele ainda pegou uma faca e colocou no pescoço dela a ameaçando de morte. A mulher mordeu a mão do homem para que ele soltasse a faca.

O suspeito disse que a próxima vez que ela chamasse a polícia para ele por causa das agressões, ele não ficaria preso por uns dias, mas sim por 30 anos, pois ele a mataria. A vítima não sabe se o suspeito tem arma de fogo, mas ele disse a ela que tinha trocado o carro em uma arma. 

A mulher foi encaminhada para atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Mirante, onde foi medicada e transferida para o Hospital Escola onde recebeu atendimento em relação ao estupro. A faca utilizada no crime foi apreendida e o homem preso.

A Polícia Militar encontrou 14 ocorrências envolvendo o casal. A vítima demonstrou interesse em adquirir medida protetiva contra o ex. O caso foi repassado para a Polícia Civil. 

Fonte: O Tempo

Comentários
COMPATILHAR: