A decisão vale apenas para o interior de São Paulo, mas a proposta é válida e deve ser repetida em todo o país.
A partir de agora hospitais públicos que negarem atendimento deverão entregar um documento aos pacientes, justificando a recusa.
A determinação é do Ministério Público e tem o objetivo de fazer com que as instituições respondam judicialmente em caso de negligência, ou de falta de vagas e profissionais. Mas a decisão não diminui o sofrimento de quem depende do sistema de saúde, no Brasil.

Comentários
COMPATILHAR: