A imprudência foi apontada pelas autoridades de trânsito como a maior responsável pelos acidentes registrados nas estradas de Minas Gerais durante o feriado prolongado de Páscoa.
Nesta segunda-feira (1º), as policiais Rodoviária Federal (PRF) e Estadual (PRE) devem divulgar um balanço das ocorrências, porém. Um levantamento parcial de revela que, entre quarta-feira e a noite deste domingo (31), em apenas 22 acidentes, houve 17 mortos e 55 feridos.
As pistas estão bem sinalizadas e as condições do tempo não estavam ruins durante esses cinco dias. O que explica as ocorrências é a imprudência do motorista, afirmou o inspetor Adilson Souza, da PRF.
Durante todo o domingo, o trânsito ficou lento na maioria dos acessos à capital, principalmente, na BR- 040, para quem chegava do Rio de Janeiro e cidades históricas, e na BR-381, para quem retornava de São Paulo e do Espírito Santo. Apesar do grande número de veículos, até o fechamento desta edição, apenas uma morte tinha sido registrada.

Comentários