A inadimplência do consumidor brasileiro registrou alta de 2,91% em janeiro de 2012 na comparação com o mesmo mês de 2011, enquanto as vendas registraram aumento de 4,72% ? é a décima elevação seguida na mesma base de comparação. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (9) pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL).
De acordo com a entidade, a inadimplência alta neste ano é consequência de dois movimentos distintos: a contração econômica estimulada nos primeiros meses de 2011, com o objetivo de desestimular o consumo interno e combater inflação; e as medidas adotadas no segundo semestre, para reverter o quadro de baixo crescimento por causa da crise externa.
Levando isso em conta, a CNDL estima que 2012 registre nova alta de inadimplência, podendo chegar a 2,5%, e uma elevação (de 4,5%) das vendas a prazo. Segundo a entidade, a queda de 30,3% nas vendas a prazo, na comparação entre janeiro de 2012 e dezembro de 2011, é natural, já que dezembro é, historicamente, o mês que apresenta maior índice de vendas.
Índice que melhor mede o nível de recuperação de crédito no varejo, o cancelamento de registros no SPC foi negativo em janeiro, com uma queda de 4,03% ante o mesmo mês de 2011. Na comparação com o mês de dezembro, sem ajuste sazonal, a queda foi de 21,68%.

Comentários
COMPATILHAR: