O valor do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para 2012 teve uma redução de aproximadamente 6% em relação a 2011, segundo a Secretaria de Estado da Fazenda de Minas Gerais.
Aproximadamente sete milhões e 200 mil veículos no estado estão sujeitos ao pagamento do IPVA, relativo a 2012. De acordo com a assessoria do governo, em 2011, a frota do estado teve um acréscimo de cerca de 10%, com a entrada em circulação de 650 mil veículos.
Alíquotas:
4% para automóveis, veículos de uso misto e utilitários;
3% para caminhonetes de carga (picapes) e furgão;
2% para automóveis, veículos de uso misto e utilitários com autorização para transporte público (ex: táxi, escolar) comprovada mediante registro no órgão de trânsito na categoria aluguel;
2% para motocicletas e similares;
1% para veículos de locadoras (pessoa jurídica);
1% para ônibus, micro ônibus, caminhão, caminhão trator.
A Taxa de Licenciamento aumentou 6,77% em relação a 2011e vai ser de R$ 66,38. Motoristas terão até o dia 2 de abril para efetuar o pagamento.
O pagamento do IPVA em Minas Gerais pode ser feito de uma só vez, até o vencimento da 1ª parcela, com desconto de 3%. Ele também pode ser feito em três parcelas consecutivas, sem o desconto, e com pagamento mínimo de R$ 90 por parcela.
Segundo o secretário de Estado da Fazenda, Leonardo Colombini, o Governo de Minas deve arrecadar R$ 2,78 bilhões com o IPVA 2012, um aumento de cerca de R$ 400 milhões em relação a 2011. Ainda de acordo com ele, a expectativa é que cerca 32% dos proprietários de veículos quitem o imposto em cota única.
Os contribuintes podem se dirigir a uma agência bancária credenciada e pagar a tarifa. Para efetuar o pagamento, é preciso apresentar o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). Mais informações no site da Secretaria de Estado de Fazenda.

Comentários
COMPATILHAR: