A Polícia Penal identificou um jovem de 19 anos que havia engolido mais de meio quilo de maconha e forjou um crime para que fosse preso e levado para o presídio em Ituiutaba, no Triângulo Mineiro. O objetivo dele era vender a droga dentro da unidade prisional.
O plano começou a ser executado na quarta-feira (26), quando o rapaz foi denunciado por agredir a companheira. Enquadrado na lei Maria da Penha, ele foi detido e levado para o presídio na cidade do pontal do Triângulo.

Contudo, a inteligência da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) foi informada anonimamente de que o preso estaria na verdade vendendo drogas dentro da prisão e que ele quis ser preso.
“A Polícia Penal iniciou um trabalho de investigação interna e, ao ser informado que seria encaminhado ao pronto socorro municipal para realização de exame radiológico, o custodiado espontaneamente relatou que havia engolido certa quantidade de substância entorpecente”, informou a Sejusp.
Ao todo, havia 225 porções de maconha no organismo do rapaz. Toda a droga pesava 580 gramas. Ele acabou enquadrado por tráfico de drogas, depois de voltar à Polícia Civil.
Ele segue detido no presídio.

Fonte: Estado de Minas

COMPATILHAR: