A Justiça determinou o bloqueio de uma fazenda avaliada em R$ 6 milhões, localizada em São Roque de Minas.

A propriedade foi bloqueada após pedido feito pela Polícia Civil e pelo Ministério Público (MPMG) que investigam políticos de Araxá e região.

Segundo a Polícia Civil, a investigação tem o objetivo de coibir os crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica cometidos pelos suspeitos. O delegado responsável pelo inquérito, Renato Alcino, apontou indícios de que uma série de propriedades estariam em nome de laranjas.

As transações analisadas indicaram contratos de gaveta que, de acordo com o delegado, sugerem um esquema milionário de lavagem de dinheiro.

De acordo com informações do portal G1, o delegado disse que não poderia passar mais informações para não atrapalhar a investigação.

Fonte: G1

Comentários
COMPATILHAR: