Petista afirma que apoiaria Aécio se ele entrasse no PMDB
Presidente propõe mandato de 5 ou 6 anos, sem reeleição
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva diz que poderá disputar um terceiro mandato em 2014 ou 2015: A conjuntura do momento vai indicar. Em entrevista à Folha, ele afirmou apoiar a emenda que acaba com a reeleição, desde que o mandato seja estendido para cinco ou seis anos. Quer uma candidatura única à Presidência dos partidos aliados -se tiver quatro candidatos no campo do governo, o governo vai ficar imobilizado- e admitiu apoiar o governador Aécio Neves (PSDB-MG): Se entrasse no PMDB e fosse candidato da base, não teria problema nenhum. Mas precisaria saber se a base quer.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva concede entrevista à Folha na quarta, que foi acompanhada pelo ministro Franklin Martins

Em conversa de uma hora e meia na manhã de quarta-feira no Palácio do Planalto, Lula rejeitou tentar a re-reeleição em 2010. Não existe hipótese para o bem do Brasil, para o bem da democracia e para o meu bem.
Bem-humorado, Lula (que completará 62 anos no dia 27) contou que aceitara convite da Aeronáutica para voar num caça a 45 mil pés (13,7 km) de altitude: Vai dar para ver a curvatura do globo terrestre. Pediu café e fez introdução de cinco minutos sobre as realizações do governo: Hoje, sou um homem convencido de que o Brasil se encontrou enquanto nação.

COMPATILHAR: