O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta segunda-feira (27) que não defende o controle, mas sim a responsabilidade da imprensa. Em encontro com jornalistas que fazem a cobertura diária das atividades do Palácio do Planalto, Lula ressaltou a necessidade de o país atualizar a legislação que trata dos meios de comunicação.
Lula lembrou que a legislação brasileira do setor é de 1962, por isso a necessidade de se promover debates para chegar a um bom termo para atualizá-la. ?Hoje temos coisas que jamais imaginamos ter. Espero que seja feito um debate em que todo mundo participe. Quando você promove o debate o que acontece: você não aprova nem o que a extrema direita quer nem o que a extrema esquerda quer. Se aprova o caminho do meio, do bom senso?.
Segundo o presidente, a mídia brasileira precisa saber lidar com as críticas. ?Ela se dá ao luxo de criticar todo mundo, mas quando se critica a mídia ela acha que é censura?, argumentou Lula.
Lula disse acreditar que não há nenhum outro país que em que a imprensa seja mais livre do que no Brasil. ?Estou convencido de que no Brasil nós exercemos a liberdade de imprensa mais do que em qualquer outro país. Agora, acredito na liberdade de imprensa que a gente possa discordar. Por isso, acho que a regulação é necessária?, afirmou o presidente.

Comentários
COMPATILHAR: