Gleiton Arantes

O prazo para o eleitor regularizar o título terminou no dia 4 deste mês e quem não regularizou a situação já está com o documento cancelado. A solicitação deveria ter sido feita até 151 dias antes da votação, que acontece em 2 de outubro deste ano.

O Cartório Eleitoral de Formiga divulgou os números de títulos cancelados. De acordo com o chefe do órgão, Marcos Eugênio Lopes, foram 3.324 cancelamentos no município.

O Cartório Eleitoral de Formiga está localizado à rua Silviano Brandão, 156

Nas cidades de Córrego Fundo e Pimenta, que compõem a Zona Eleitoral 114, foram cancelados 576 títulos: 228 em Córrego Fundo e 348 em Pimenta.

“A pessoa ficará impossibilitada de votar neste ano. Só após as eleições que ela poderá vir ao Cartório para regularizar a situação”, disse Marcos.

Para regularizar a situação, o Cartório Eleitoral de Formiga fez plantões durante cinco dias, entre abril e maio.

O cancelamento do título eleitoral provoca uma série de consequências, como impedir a obtenção de passaporte e carteira de identidade, o recebimento de salário de função ou emprego público, e financiamento. A ausência de registro também pode dificultar matrícula em instituições de ensino e a nomeação em concurso público.

Atualmente, Formiga conta com 54.643 eleitores, Córrego Fundo com 5.225 e Pimenta com 7.118 eleitores.

As eleições deste ano vão definir os novos prefeitos e vereadores. Nas cidades em que houver segundo turno, ele ocorrerá no dia 30.

O Cartório Eleitoral está localizado à rua Silviano Brandão, 156, Centro. O telefone para esclarecimentos é o (37) 3321 1846.

 

Fonte: Cartório Eleitoral ||

Comentários