Ronaldinho Gaúcho, que não vestia há nove meses a camisa da seleção brasileira, foi um dos destaques da lista de convocados divulgada ontem pelo técnico Mano Menezes para o amistoso contra Gana, no dia 5 de setembro, em Londres. O jogador do Flamengo não atuava com a seleção brasileira desde o dia 17 de novembro de 2010, quando o Brasil perdeu o amistoso para a Argentina por 1 a 0.
A outra novidade na lista foi a convocação, pela primeira vez, do lateral Danilo, do Santos, e os retornos de Hulk, atacante do Porto, do goleiro Fabio, do Cruzeiro, do lateral Marcelo, do Real Madrid e do atacante Leandro Damião, do Internacional.
Mano Menezes manteve sua aposta nos jogadores do Santos, Neymar e Paulo Henrique Ganso, assim como no meia Lucas, do São Paulo e no atacante Alexandre Pato, do Milan.

Desfalque
Com a convocação, o goleiro Fábio desfalcará o Cruzeiro na partida contra o Palmeiras, dia 4 de setembro, em São Paulo. De acordo com Mano Menezes, a previsão é que os jogadores que atuam no país retornem a tempo da rodada do dia 7 de setembro. Nesta data, o Cruzeiro enfrentará o Fluminense, em Sete Lagoas.

Mudanças no ataque
Para suprir as perdas de Wallyson (contundido) e Thiago Ribeiro (negociado), chegaram ao Cruzeiro os atacantes Keirrison e Bobô. Após quase três anos no clube, Ribeiro forçou sua saída. ?O Cruzeiro queria comprar o jogador. Nós chegamos a oferecer a proposta para confirmar o direito nosso de pagamento dos 50%. Porém, o Thiago Ribeiro insistiu que não gostaria de ficar, que era a oportunidade da vida dele jogar em um grande centro europeu Fiz uma proposta de fazer uma renovação em seu contrato, que vencia em 2013. Eu propus um contrato novo a ele de quatro ou cinco anos, de dar a ele um reajuste, que seria o maior salário do elenco do Cruzeiro. Mas nada disso convenceu o Thiago Ribeiro. Então, a insatisfação da torcida é também a nossa insatisfação?, revelou o diretor de futebol Dimas Fonseca.

Culpados ou apenas bodes expiatórios?
O técnico Cuca começa a delinear o grupo com o qual quer contar no Atlético para o segundo turno do Brasileirão. De acordo com o treinador, é preciso ter comprometimento dos jogadores para que a equipe escape da zona do rebaixamento. Cuca também disse que o time precisará ter ?aproveitamento de campeão? daqui pra frente. A primeira medida do técnico será enxugar o atual elenco do Galo. O treinador deve barrar medalhões que não estão rendendo dentro de campo. O primeiro deles é o lateral Patric, comprado pelo Atlético por 1 milhão de euros no início do ano. Ele já foi afastado. Daniel Carvalho e Mancini, que estão treinando em separado, podem ser os próximos.

Comentários