O ministro da Educação, Fernando Haddad, afirmou nesta quinta-feira (17) que cerca de 50 mil vagas em cursos superiores no Brasil serão fechadas, após a divulgação dos resultados do Índice Geral de Cursos, anunciado nesta quinta. O índice atribui notas às universidades que variam de 1 a 5. Instituições com notas entre 1 e 2 podem sofrer punições por parte do Ministério.
Haddad afirmou que a chamada ´medida saneadora´, referindo-se ao corte de vagas, vai atingir cursos nas áreas de administração, saúde e ciências contábeis. Só nos cursos de medicina, 446 vagas não estarão mais disponíveis.
A medida deve ter efeito a partir de janeiro de 2012 e é baseada nas notas que levam em conta a titulação dos professores, a infraestrutura das universidades e as notas dos cursos no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade).

Comentários
COMPATILHAR: