Uma iniciativa cinematográfica salvou três turistas que ficaram presos em uma ilha deserta da costa leste da Austrália, em Queensland, após o naufrágio da embarcação em que estavam.
Após passarem uma noite ao relento, e com poucas esperanças de retornar à base, os três escreveram a palavra help [socorro, em inglês] em enormes letras na areia da praia, e ficaram aguardando pelo resgate.
Os náufragos –duas jovens de 22 e 24 anos e um homem de 34– partiram no sábado (24) para um final de semana de esqui aquático e mergulho, alugando um barco na ilha de Heron.
Não ficou claro o que ocorreu com a embarcação, mas os três foram obrigados a desembarcar em uma ilha desconhecida e desabitada.
O alarme do desaparecimento foi dado no domingo à noite, quando os turistas não retornaram à base.
As primeiras buscas no mar não deram resultados até que, na manhã de hoje, um pequeno hidroavião que ajudava nas buscas sobrevoou uma praia de Erskine e notou o enorme pedido de ajuda escrito na areia.
O avião pousou próximo à praia e socorreu os três náufragos, que estavam famintos, mas em bom estado de saúde.

Comentários