O secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti, informou nessa quinta-feira (13) que Minas Gerais já está se preparando para a possibilidade de ocorrência de umaterceira ondade casos de Covid-19. A declaração foi feita durante coletiva de imprensa na Cidade Administrativa, no início desta tarde.

“Quanto à possibilidade de uma terceira onda, o estado vem se preparando para ela. Não significa que ela vai acontecer e se acontecer qual será o tamanho dela, mas, continuaremos expandindo leitos, mantendo os leitos financiados pelo estado, continuaremos comprando o kit intubação, tentando normalizar o estoque dos hospitais”, informou Fábio.

O médico ainda informou que o estado está mudando a forma de abastecimento da rede de gases medicinais em hospitais – que inclui o oxigênio, que chegou a faltar em unidades de saúde de todo o país. 

“Estamos financiando essa qualificação, que fica como legado. Então nossa expectativa é que, caso venha uma terceira onda, o estado e os hospitais estejam preparados para ela”, afirmou.

O secretário de Saúde ainda ressaltou a importância do crescimento da vacinação e o comportamento da população em fazer uso de máscara, praticar distanciamento social e higiene das mãos.

“Se a gente conseguir segurar esse vírus durante esse período de aumento de vacinação, acredito que também consigamos ter uma onda, caso venha, com menor impacto. Mas depende muito do comportamento da população e da vacinação”, concluiu.

Nesta quinta, também foi anunciado o retorno de duas novas regiões para a onda amarela, no programa Minas Consciente. Segundo o secretário, os indicadores atuais são favoráveis à flexibilização do comércio no estado e não indicam que a onda roxa – mais restritiva – seja imposta na próxima semana.

Fonte: Estado de Minas

Comentários
COMPATILHAR: