Nesta quinta-feira (5), a Defesa Civil atualizou para 87 o número de municípios que decretaram situação de emergência em Minas Gerais devido aos estragos causados pelas chuvas. Passaram a integrar a lista Mesquita e Sardoá, no Vale do Rio Doce; Rio Espera, Miraí, Cataguases, Araponga, Caputira e Rio Casca, na Zona da Mata; Belo Vale, Entre Rios de Minas, Contagem, Formiga, Mário Campos, Conselheiro Pena e Esmeraldas, na região Central; além de Santa Fé de Minas, no Norte do Estado, e Divinópolis, no Centro-Oeste mineiro.
A cidade de Formiga já havia decretado emergência em dezembro do ano passado. De acordo com a Defesa Civil, o município revogou esse decreto depois de voltar à normalidade e publicou, nesta terça-feira (3), novamente situação de emergência por causa de enchentes.
Outras 55 cidades também notificaram prejuízos, mas não chegaram a publicar o decreto. Ao todo, 9.880 mil pessoas ficaram desalojadas e 512 desabrigadas. As prefeituras confirmaram pelo menos 34 feridos em todo o Estado, além de oito mortes. No total, mais de 2 milhões de pessoas já foram afetadas pelos temporais.
A coordenadoria mantém o alerta meteorológico para as áreas dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce, por causa dos alagamentos, deslizamentos de terra e elevação de nível dos rios.

Comentários
COMPATILHAR: