Depois de vacinar os adolescentes entre 12 e 17 anos, em setembro, Minas pode começar a aplicar uma terceira dose dos imunizantes contra a Covid-19 em idosos. A informação foi divulgada nesta terça-feira (17) pelo secretário de Saúde, Fábio Baccheretti.

“Deve sair uma decisão do governo federal, logo, sobre a aplicação da terceira dose. Há vários estudos sendo feitos. Se vai ser feita com a vacina do mesmo laboratório que foi tomado ou de um diferente”, afirmou, em entrevista coletiva. 

Segundo o titular da pasta, há pesquisas preliminares que observaram um aumento na eficácia quando se utiliza o produto de fabricantes diferentes nessa circunstância. “Os idosos têm uma resposta imunológica à vacina reduzida em relação à população adulta geral. Isso é comum em qualquer tipo de vacina”, explicou Baccheretti.

Conforme o gestor, seis milhões de unidades de vacinas devem chegar ao território mineiro em agosto. Para setembro, a previsão é o mesmo quantitativo.

Há também a previsão de que o imunizante produzido pela farmacêutica Janssen, de dose única, volte a ser distribuído no mês que vem.

“Além da população do Brasil, tem uma expectativa de chegada de mais 200 milhões de doses até dezembro. Então, o governo federal deve tomar alguma decisão técnica baseada nisso, se vamos ou não aplicar a terceira dose”, concluiu.

Fonte: Hoje em Dia

Comentários
COMPATILHAR: