O jogo entre Cruzeiro e Corinthians, no próximo domingo, às 18h30, no Pacaembu, marcará o confronto entre o goleiro celeste Fábio e o atacante corintiano Ronaldo. No primeiro turno do Brasileirão, no Mineirão, o camisa 1 defendeu pênalti cobrado pelo Fenômeno, que depois conseguiu fazer o seu gol na partida que terminou com derrota celeste, por 2 a 1.
O duelo pelo turno do Brasileiro aconteceu há três meses, no Mineirão, no dia 19 de julho, e foi a primeira partida após a perda do título da Libertadores para o Estudiantes. Naquele jogo, o Cruzeiro perdia por 1 a 0, com gol marcado por Jorge Henrique, recebendo passe de Ronaldo, quando este desperdiçou a cobrança da penalidade máxima.
Apesar do resultado negativo, a defesa é lembrada pelo goleiro cruzeirense. Foi importante pegar um pênalti batido pelo Ronaldo, porque ele é um jogador que está na história do futebol brasileiro e mundial. Ele é um atleta que representou e ainda representa. O Ronaldo sempre quando entra em campo procura dar o seu melhor. Então foi importante naquele momento, para a equipe, que tinha acabado de perder um jogador expulso, afirmou o camisa 1 cruzeirense.
Depois daquele confronto no primeiro turno, Ronaldo sofreu uma fratura na mão esquerda, passou um tempo sem atuar e vem tentando retomar a boa forma física e técnica. Porém, Fábio alerta para o perigo que o atacante representa para as defesas adversárias. Sabemos que o Ronaldo é acima da média, independente das condições físicas dele, que não são as ideais. Com a qualidade que ele tem, o Ronaldo consegue se sobressair nas dificuldades. Temos que ir preparados para neutralizá-lo. Não só ele como os outros jogadores de frente do Corinthians, que possuem bastante velocidade, ressaltou Fábio.
O goleiro lembra que a partida na capital paulista é essencial para as pretensões do time celeste na competição, que mira chegar ao G4. Porém, o camisa 1 ressalta que os confrontos contra o Corinthians, historicamente são marcados pelo equilíbrio. O Cruzeiro vem jogando bem fora de casa. Mas, desde que cheguei ao Cruzeiro, todos os jogos contra o Corinthians, tanto no Mineirão quanto em São Paulo foram difíceis. A tendência é que esse jogo seja complicado, já que, diante da sua torcida, eles vão tentar um bom resultado, disse.

Comentários
COMPATILHAR: