Na 27ª semana do especial ?Formiga de Bairro a Bairro?, a equipe de redação do jornal Nova Imprensa e do portal Últimas Notícias mostra os principais problemas do Ouro Negro.
Ao percorrer pelas ruas do bairro, percebemos várias deficiências, em quase todos os setores, mas o que está deixando os moradores do bairro mais revoltados é em relação ao trânsito, que está caótico no Ouro Negro, além da mudança do atendimento da Unidade Básica de Saúde (UBS) para o bairro Souza e Silva.
Saúde
A saúde não é um problema tão grave no Ouro Negro, pois a Unidade Básica de Saúde atende bem todos os moradores do bairro e também tem um bom espaço físico, segundo a população local.
De acordo com um morador que faz parte do Conselho de Moradores do Bairro Ouro Negro, João Evângelo Passos, o problema não está no posto de saúde do bairro, mas sim na hora que os moradores precisam de um encaminhamento para um especialista, é aí que começa a complicação e demora.
O morador destaca que o clínico geral, dentista e todos os profissionais do posto de saúde atendem muito bem aos pacientes.
O que está incomodando mais os moradores é que passarão a ser atendidos no posto de saúde que está em construção no bairro Souza e Silva, pois o local tem apenas uma via de acesso, a qual é muito precária, não tem passeios e meios-fios e os cantos da via são cheios de mato. Além disso, é um local onde não tem redutor de velocidade e os carros trafegam muito rápido na rua Alcino Francisco da Silva.
Segurança
A falta de segurança é um problema que atormenta bastante os moradores do Ouro Negro, pois apontaram vários pontos de drogas e também acontecem vários furtos.
O que mais preocupa a população local é a quantidade de pessoas de outros bairros que vai até o Ouro Negro buscar drogas.
A Polícia Militar até faz bastante rondas para intimidar os infratores, mas, somente esta ação, não está adiantando, os moradores acreditam que a PM tem que fazer operações mais ostensivas, operar mais à noite nos principais pontos de drogas e também realizar mais buscas pessoais em grupos de pessoas suspeitas.
Outro problema é a falta de fiscalização em relação aos motoristas que estão trafegando em alta velocidade pelas ruas do bairro e também o problema de som alto de carros nas madrugadas.
Infraestrutura
O bairro Ouro Negro tem várias deficiências na infraestrutura, principalmente nos setores de trânsito e na questão de calçamentos de ruas.
Um dos grandes problemas do bairro é em relação aos lotes sujos e, segundo João Evângelo Passos, vários deles têm grande potencial para a proliferação do mosquito da dengue e são poucos os loteamentos visitados pelos agentes de endemias.
Outro problema do bairro são as ruas Uruguai e Paraguai, pois, sempre quando chove, o calçamento é arrancado, provocando crateras, sendo que a rua Uruguai já foi motivo de muita polêmica e de embate entre o Executivo e o Legislativo.
Os moradores também gostariam muito que fosse feita uma ligação entre as ruas Francisco Franco com a rua Alcino Francisco da Silva, pois o local tem uma parte sem calçamento e um beco que está sendo usado por usuários de drogas.
A falta de organização do trânsito no bairro também é um caos, há várias ruas sem sinalização, outras sem identificação de nomes e algumas precisando de redutores de velocidade.
Outra questão que incomoda os moradores é o que eles chamam de ?rotatória invisível?, no encontro das ruas Ermínio Pinto, Peru e Alcino Francisco, onde tem um grande fluxo de crianças que saem da escola e, no local, não tem nenhum redutor de velocidade, nem faixa de pedestre e nenhum guarda de trânsito.
Outra dificuldade é na avenida Brasil, pois, várias vezes, alguns idosos, deficientes físicos e os pedestres de modo em geral têm dificuldade de atravessá-la. Na avenida Abílio Machado o problema é no encontro com a rua Peru, pois, muitas vezes, os motoristas atalham por dentro do posto de combustível do bairro e não têm visão das ruas paralelas ao posto, sendo que nenhuma dessas ruas paralelas tem passeio, os veículos quase atropelam os pedestres.
O membro da associação de moradores, João Evângelo Passos, também reclama muito sobre os serviços do Sistema Autônomo de Água e Esgoto (Saae) no bairro, pois, a maioria das vezes que a equipe faz trabalhos de conserto de encanamento no bairro, quando vai embora, não compacta direito o local, assim, quando passam os veículos, abrem-se buracos, depois, quando chove, os buracos se enchem de lama, o que causa várias consequências.
O morador também reclamou da Secretaria de Ação Social, pois, segundo Evângelo, muitas das vezes quando uma pessoa carente precisou de uma cesta básica, ele pedia com urgência e a secretaria demorava cerca de um ano para atender ao pedido.
Também tem a creche que está precisando de uma reforma geral e falta água de vez em quando no bairro.
Esportes
A situação do esporte no Ouro Negro é muita precária, já que a quadra está abandonada pela Prefeitura, não tem tela de proteção, nem cobertura e, depois de certa hora da noite, vira ponto de tráfico de drogas.
Associação de Moradores do Bairro Santa Tereza
Os representantes do bairro ?deram baixa? no Conselho de Moradores do Bairro Ouro Negro. Eles estão muito revoltados com os poderes Executivo e Legislativo.
De acordo com os moradores, em todos esses anos, nunca tiveram o apoio dos órgãos públicos e, como a associação não tem fins lucrativos, nem recebe verbas, decidiram ?dar baixa? no conselho.
Outro fator que foi crucial para esta decisão é que também ninguém se candidatou a ser presidente da associação e esta é uma das poucas associações que tem sede própria.
Mensagem ao Executivo e Legislativo
O morador e membro do Conselho de Moradores do Bairro Ouro Negro, João Evângelo Passos, deixa a seguinte mensagem aos poderes Executivo e Legislativo: ?o poder público precisa de ter visão e apoiar todos os conselhos de bairro de Formiga, dar total atenção para que haja uma melhoria e satisfação de toda comunidade de Formiga?, contou.

COMPATILHAR: