Uma mulher de 40 anos conseguiu pedir socorro em uma farmácia após ser ameaçada de morte pelo companheiro em Rio dos Cedros, no Vale do Itajaí. Ela procurou o local e mostrou um sinal vermelho com “X” na mão ao atendente, que acionou a polícia.

A denúncia ocorreu na sexta-feira (2) e o suspeito conseguiu fugir. Até domingo (4), ele não havia sido localizado. A Polícia Civil investiga o caso.

A vítima disse à polícia que o companheiro ameaçou ela e a filha de 10 anos. Elas estavam juntas na farmácia quando a mulher pediu ajuda. As ameaças ocorriam há anos, disse a mulher aos policiais, mas só desta vez ela conseguiu denunciar.

O companheiro, que estava no carro aguardando a mulher e a menina saírem da farmácia, teria percebido a movimentação e fugiu antes da chegada da polícia.

Na casa dele, a polícia apreendeu uma espingarda e munições. A mulher e familiares ameaçados contam agora com medidas protetivas, segundo a Polícia Civil.

Entenda o sinal ‘X’

A mulher usou o serviço de denúncia “Sinal Vermelho”, que foi idealizado pelo Conselho Nacional de Justiça e está disponível em muitas cidades do país.

Com ele, funcionários de farmácias e drogarias são treinados para receberem denúncias de violência doméstica e encaminham aos policiais. A vítima pode falar que “precisa de máscara roxa” ou mostra um “X” desenhado na mão ou em qualquer pedaço de papel.

Outras formas de pedir ajuda:

  • WhatsApp da Polícia Civil: (48) 98844-0011
  • Delegacia virtual
  • Disque 100 ou através do número 182
  • Polícia Militar: 190

Fonte: G1

Comentários