A Câmara Municipal de Formiga aprovou, na reunião dessa segunda-feira (12), por unanimidade, o projeto de lei que autoriza o Município a fazer operação de crédito para realizar obra de sistema de esgotamento sanitário, mais especificamente, na execução da rede interceptora de esgoto dos córregos Matadouro, Bela Vista e Romualdo.

A proposta permite que o Poder Executivo celebre operação de crédito de até R$ 3 milhões junto ao Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), na linha de financiamento “BDMG Saneamento”.

Em mensagem anexa ao projeto, o prefeito Eugênio Vilela explica que os córregos que serão contemplados estavam incluídos em outro projeto ligado à canalização do esgoto, mas a obra foi paralisada, devido à falência da empresa que fazia os trabalhos.

O projeto foi enviado para a Câmara no dia 28 de junho em regime de urgência.

De acordo com a Prefeitura, está sendo contratada uma empresa especializada em engenharia para elaboração do Diagnóstico Técnico do sistema de esgotamento sanitário já existente (interceptores) localizados às margens esquerda e direita dos rios Formiga e Mata Cavalo, visando verificar a funcionalidade da obra executada e possíveis pontos de inconformidades.

Comentários