O Acordo Ortográfico de Língua Portuguesa, assinado em 2008 e que tinha a obrigatoriedade do uso previsto para entrar em vigor no próximo dia 31, deverá ser adiada por mais três anos. O Itamaraty prepara uma minuta de um decreto para ser assinadop pela presidente Dilma ainda ainda esse ano, caso contrário o acordo entrará em vigor. A previsão para a entrada em vigor será 1º de janeiro de 2016.
O acordo, assinado em 2008 por sete países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, e que pretende simplificar as regras ortográficas e aumentar o prestígio social da língua no cenário internacional. A nova data escolhida pelo grupo, que reúne técnicos e subchefes dos três ministérios tem como objetivo ajustar o prazo brasileiro com o de Portugal, que tem mais três anos até que o acordo seja totalmente aplicado no país.

Comentários