Em março de 2021, o 63º Batalhão de Polícia Militar começou a fazer uso de um software para acompanhamento dos crimes registrados na área da Unidade, permitindo melhor acompanhamento criminal nas doze cidades de abrangência territorial e, consequentemente, promover melhorias nas ações de segurança pública.

O Comandante do 63º BPM, em parceria com o presidente da Sintramfor, Natanael Alves e com o empresário Gustavo Tatagiba, uniram esforços, viabilizando a licença dessa tecnologia.

Com isso, o 63º BPM tem a possibilidade de aprimorar os procedimentos administrativos e operacionais, buscando manter o patamar de excelência profissional que vem conquistando reiteradamente, por meio do comprometimento e profissionalismo dos policiais militares, quanto pelo apoio da comunidade, parcerias público-privadas e demais órgãos do sistema de defesa social, que não limitam esforços em apoiar as ações desenvolvidas pela unidade.

Fonte: Polícia Militar

COMPATILHAR: