A Polícia Civil de Itaúna, por meio do delegado Dirceu Ribeiro, abrirá um inquérito civil e criminal, inclusive, de danos ao patrimônio público, para apurar as agressões ocorridas na base da unidade na noite do dia 31 de dezembro.

Na manhã desta quinta-feira (2), o gerente administrativo do CIS-URG Oeste, Dárcio Abud, a gerente de enfermagem, Thamara Lesse, e o secretário de Saúde de Itaúna, Fernando de Faria, se reuniram com o delegado Dirceu Ribeiro, em busca de informações sobre a investigação do caso.

De acordo com Dárcio, o Samu está tomando as providências desde o ocorrido, para que o serviço do Samu não seja interrompido no município e também para a segurança da equipe, que foi realocada para outro lugar preservando pela segurança dos profissionais.

“O delegado nos disse que está abrindo um inquérito, pois o ocorrido foi grave, não só pelo dano ao patrimônio público, mas pela agressão a equipe, para que sejam apurados os fatos e tomadas providências cabíveis”.

 

Fonte: Samu Oeste||
Comentários
COMPATILHAR: