O 2º Pelotão PM de Meio Ambiente de Formiga alerta sobre a prática de pesca predatória na Represa de Furnas e lagoas do Rio São Francisco, durante o período de defeso, conhecido como Piracema.  

O objetivo é assegurar a sustentabilidade das diversas espécies da fauna ictiológica, ampliando a malha protetora rotineira, devido à demanda maximizada pelo potencial pesqueiro nos municípios que compõem o setor do 2º Pelotão.

A Piracema teve início em 1º de novembro e, durante este período, demanda mais atenção em relação às atividades pesqueiras, sobretudo, no que tange a captura de pescado tanto por pescadores amadores, quanto para pescadores artesanais e empreendimentos pesqueiros, com a prática de pesca com métodos e técnicas, muitas vezes proibidos.

Os esforços operacionais foram direcionados para a fiscalização de pesca e orientações quanto as restrições e autorizações de ações, nas bacias hidrográficas localizadas nos municípios de Formiga, Pimenta, Iguatama, Lagoa da Prata dentre outros.

A limitação na atividade pesqueira em Minas Gerais se estenderá até 28 de fevereiro de 2022, conforme determinam portarias publicadas pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF).

Fonte: Polícia de Meio

Comentários