O 1º Grupamento do 3º Pelotão de Meio Ambiente de Formiga apreendeu, na quinta-feira passada (27) e no sábado (29), armas de fogo, material de pesca, armadilhas e carne de animal da fauna silvestre em cinco residências, na cidade de Pedra do Indaiá.

No primeiro dia, os policiais compareceram à rua Brasília, no Centro, em cumprimento ao mandado de busca e apreensão.

A dona da casa acompanhou as buscas e entregou uma espingarda, sem número de série e marca/modelo, que pertencia ao pai dela, falecido em 2001. A mulher explicou que a arma estava guardada nos fundos da residência e em mau estado de conservação, aparentemente sem condições de uso.

Outra ocorrência foi registrada em uma residência localizada na rua Santa Catarina. Na casa foi encontrada uma espingarda, sem número de série e marca/modelo. O dono da arma não foi localizado, a esposa dele alegou que o marido estava viajando.

Ainda no mesmo dia, os policiais foram até o Sítio Mata dos Lemos. Após buscas na residência, os militares apreenderam uma espingarda cartucheira calibre 32, da marca Amadeu Rossi e sete cartuchos recarregados do mesmo calibre.

Na parte externa da casa, foi localizado um aparelho de pesca proibido para a categoria amadora, denominado jequi, que foi encaminhado ao depósito do 3º Pelotão. Como medida administrativa, foi lavrado o auto de infração/termo de apreensão no valor de R$ 498,44.

O homem relatou que não possui registro da arma. A arma encontrada estava registrada em nome do irmão dele. O documento estava vencido.O suspeito foi preso.

Já no sábado, os policiais foram procurados por um homem residente da Fazenda Fundo do Saco. Ele contou que na casa havia uma arma de fogo, que pertenceu ao pai dele.A arma foi apreendida.

 Em outra ocorrência, registrada na região de Mata do Lemos, após buscas em uma fazenda, foram encontrados um aparelho de pesca, 4,465 kg de carne e uma rede de dez metros quadrados. Segundo o suspeito, a carne era de tatu galinha, animal da fauna silvestre brasileira.

O material de pesca foi apreendido e conduzido para o depósito do 3º Pelotão do Meio Ambiente de Formiga. Foi constatado que a carne estava imprópria para consumo humano.

Também no local, foi constatada a presença de um canil contendo 12 cães da raça americano e dois cães da raça beagles. O homem foi autuado.

As equipes foram comandadas pelo segundo tenente Luís Carlos de Faria. Todas as armas e os materiais foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Santo Antônio do Monte.

A Polícia de Meio Ambiente solicita o apoio da população para identificar os suspeitos de posse de armas de fogo para caça de animais, armadilhas de animais e pescadores irregulares que atuam na região, repassando as informações para o 3º Pelotão de Meio Ambiente, pelo telefone: (37) 3322-1454, ou, pelo DDU – 181.

 

Fonte: Polícia Militar do Meio Ambiente||

Comentários
COMPATILHAR: