Os dois irmãos, que supostamente desapareceram, segundo a família paterna, em Pirapora, no Norte de Minas, na última semana, foram localizados na tarde dessa segunda-feira (14) em Bocaiúva, na mesma região. O garoto, de 12 anos, e a irmã, de 9, foram localizados na casa da mãe. 

As crianças e a mãe passaram a tarde na Delegacia de Polícia Civil da cidade de Bocaiúva, prestando depoimento. O Conselho Tutelar acompanhou as oitivas. 

Em depoimento, de acordo com informações da polícia, a mulher contou que foi até Pirapora buscar os filhos após receber um telefonema das próprias crianças, que teriam relatado que queriam morar com ela. 

O suposto sumiço demandou o empenho da família paterna, de moradores de Pirapora e das autoridades competentes.  

A Polícia Civil informou que os dois saíram de casa com o cachorrinho para não levantar a suspeita do pai, que permaneceu dormindo na residência da família.   

Os pais estão separados há oito anos. O homem alega ter a guarda dos filhos, mas a Polícia Civil diz que nem o pai nem a mãe possuem a guarda judicial das crianças. 

O delegado Leonardo Diniz, que ouviu as crianças, explicou que elas contaram em depoimento que sofriam maus-tratos na casa do pai. Os meninos moravam com ele e a avó paterna. 

Segundo a Itatiaia, a família confirmou que as crianças foram encontradas. Sobre a denúncia de maus-tratos, os familiares declararam que não vão se manifestar sobre a situação por enquanto. 

Fonte: Itatiaia

Comentários
COMPATILHAR: