Na quinta-feira passada (29), por volta das 15h50, policiais militares durante patrulhamento em Arcos receberam informações de que um homem de 30 anos estaria praticando tráfico de entorpecentes em sua residência e que havia vendido muita droga na noite anterior. O dinheiro proveniente do tráfico também encontrava-se na residência do suspeito, juntamente com a droga.
De posse das informações, os militares se deslocaram até a casa do indivíduo e se encontraram com a irmã dele, de 26 anos. Ela relatou que havia usado drogas durante toda a noite. Após uma busca na residência, os militares encontraram no colchão do suspeito a quantia de R$2.464, montante que foi apreendido. Ninguém na residência sabia a procedência do dinheiro, o indivíduo não foi localizado.
Na casa, os policiais encontraram duas crianças, uma de quatro anos e outra de um ano e oito meses, filhos da irmã do suspeito, vivendo em situação degradante. Durante as buscas, a criança mais velha relatou aos policiais como seu tio embalava as drogas e contou que ele ?comia? pedras todos os dias. A mãe do menor chegou no momento e começou a agredi-lo, devido ao seu comportamento perante aos policiais.
Diante dos fatos e do ambiente em que as crianças viviam, os militares acionaram o Conselho Tutelar do município, que compareceu no local. Os conselheiros concluíram que os menores não deviam permanecer na residência. A mulher foi presa em flagrante por maus tratos, sendo conduzida até a Delegacia.
Segundo o Boletim de Ocorrência 3.699/10, foram aprendidos materiais utilizados para embalar droga, como plásticos, papel alumínio e fita adesiva.

Comentários