Um policial militar da Bahia suspeito de matar a namorada, a dentista Ana Luiza Dompsi, de 25 anos, em Divisa Alegre, na região Norte de Minas Gerais, foi preso nessa quinta-feira (15) em Cândido Sales, no interior da Bahia. Amauri Araújo estava com mandado de prisão em aberto. 

O crime ocorreu no dia 23 de março, quando a dentista foi encontrada morta dentro de casa. A Polícia Militar foi acionada por vizinhos que ouviram barulho de tiros vindos da casa de Ana Luiza. Quando os militares chegaram encontraram Araújo tentando reanimar a vítima. 

Ele disse aos policiais, que a mulher pegou a arma dele e deu um tiro na nuca para se matar. A perícia da Polícia Civil foi acionada para o local do crime. Após os laudos periciais e depoimentos de testemunhas a linha de investigação passou a ser a de feminicídio. 

A motivação para o crime ainda é investigada. O policial estava com mandado de prisão em aberto desde o dia 5 de abril. Ele ficou detido no Batalhão de Choque da Polícia Militar da Bahia (PMBA), em Salvador, e está à disposição da Justiça. As investigações continuam e o inquérito deve ser concluído em breve.

Fonte: O Tempo

Comentários
COMPATILHAR: