Nesta quarta-feira (22), o Executivo formiguense encaminhou um Ofício ao deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, Agostinho Célio Andrade Patrus, manifestando apoio à “PEC 52”.

A PEC é uma Proposta de Emenda à Constituição do Estado prevê o tombamento do Lago de Furnas e de Lago Peixoto e solicita que eles permaneçam como cota mínima de 762 metros (Furnas) e 663 (Peixoto), garantindo o uso múltiplo das águas.

O documento ressalta a fundamental importância dos lagos para os 34 municípios que estão situados ao Sul, Centro-Oeste e Sudeste de Minas Gerais.

No Ofício, o Executivo solicita ao presidente da Assembleia que defenda e priorize a tramitação regimental da “PEC 52/2020”.

Comentários
COMPATILHAR: