A Prefeitura de Formiga informou nessa quarta-feira (28) que vai investigar a suposta agressão de um cachorro de rua por um servidor municipal. A ordem foi dada pelo prefeito, Eugênio Vilela (PP), após um vídeo em que o funcionário aparece com um pedaço de madeira na mão fazendo ameaças, viralizar nas redes sociais.

A autora do vídeo que confronta o funcionário, que preferiu não se identificar, entrou em contato com a redação do portal e explicou que não dará entrevistas sobre o caso, mas que registrou ocorrência e já prestou depoimentos para a polícia e para o Ministério Público.

Ela ainda explicou, que diferente do que chegou a ser divulgado, ela não afirmou em nenhum momento que o  autor das ameaças dirigidas a ela, teria posteriormente agredido o cachorro.

‘Chico’

Ao portal G1 membros da Apaf informaram que o cachorro Chico, conhecido por ficar na região próxima ao Hospital Santa Maria, não é agressivo. Informaram ainda que o cão foi levado ao veterinário e apresentava uma bolha de sangue na região próxima ao pescoço que precisou ser drenada.

A Apaf emitiu uma nota na terça-feira (27) afirmando que o cachorro nunca mordeu ninguém, mas que, como a maioria dos cães, corre atrás de motos e bicicletas. A nota diz ainda que o funcionário já estaria em horário de trabalho e pede que a Prefeitura tome providências.

A Prefeitura, por sua vez, informou que o funcionário é concursado e que a situação não está prevista no estatuto do servidor. Por não ter sido um crime administrativo, a denúncia será investigada para que as medidas cabíveis sejam tomadas.

Ao Últimas Notícias a responsável pela filmagem afirmou que ainda não foi procurada pela Prefeitura.

 

Matéria atualizada às 18h30

 

Fonte: G1 ||

Comentários
COMPATILHAR: