O prefeito Aluísio Veloso/PT e o superintendente regional do Banco do Brasil, Nilton Bento Vieira, assinaram na quinta-feira passada (4), o convênio com o Banco do Brasil e a ordem de serviço para a construção de mais 300 casas populares em Formiga do Programa Minha, Casa Minha Vida.
Para o prefeito Aluisio Veloso, a construção de mais 300 casas representa muito, já que há mais de 30 anos não se construía casas populares em Formiga. Segundo dados do IBGE, havia um déficit habitacional no município de aproximadamente 1.800 casas para pessoas de baixa renda. Com a assinatura do novo contrato, a cidade recebeu aproximadamente 1.500 casas. Além disso, o município está fomentando a sua economia com a venda de material de construção e gerando empregos.
Nilton Vieira agradeceu ao Executivo e destacou o quanto considera importante os bancos apoiarem os órgãos da administração. ?Assinamos o compromisso e vamos fazer o nosso melhor?, disse. O valor final do contrato assinado junto ao município é da ordem de R$15.600 milhões.
Segundo Cláudio Mário Garcia, sócio da Construtora D?Avila Reis,as 300 residências serão contempladas com aquecimento solar, passeios e rampas de acessos para pessoas deficientes e cadeirantes, além de portas com medidas especiais em seu interior para facilitar a locomoção.
As obras terão início ainda este mês com prazo de entrega previsto para novembro de 2013.
O novo residencial será construído ao lado do residencial Geraldo Veloso que está em fase final de acabamento e também ao lado do residencial Villa Nova das Formigas, na saída para o distrito de Albertos.
Software
Na terça-feira (9), ocorreu a última reunião da equipe que foi formada para auditar o software desenvolvido especificamente para o sorteio das famílias inscritas no Programa Minha Casa, Minha vida. O sorteio das residências será no domingo (14), às 8h, no Ginásio Vicentão.
Na ocasião, o código fonte do software foi analisado e atestado que o mesmo não tem nenhum direcionamento para o sorteio.
Após a análise foram gravados dois CDs com o software e lacrados em um envelope, sendo que cada um desses CDs está de posse dois membros da equipe. Além disso, o responsável pela empresa que desenvolveu os softwares para as inscrições e sorteio gravou outros dois CDs contendo todo o banco de dados com as famílias inscritas para o sorteio, também sendo lacrado em um envelope e assinado por ele. No dia do sorteio, os membros da equipe farão abertura dos envelopes e a inserção do programa e do banco de dados no computador.
A equipe de auditoria que analisou o código fonte do programa foi composta por Elizângela Garcia de Araújo, representando a Câmara Municipal, Cláudio Rabelo Alves, representando o Ministério Público, Antônio Carlos de Mendonça, representando o Conselho de Habitação, e Gledson Richalle Rodrigues, representando o Unifor.
Para atestar ainda mais a lisura de todo o procedimento, foi gerada uma lista com todas as famílias inscritas a partir do banco de dados. Essa lista foi impressa e será encaminhada ao Ministério Público, Câmara Municipal, Caixa Econômica Federal e Conselho Municipal de Habitação.

Comentários
COMPATILHAR: