A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou o projeto de projeto de lei que institui Divinópolis como Polo da Moda, que abrange mais 18 cidades do Centro-Oeste. A matéria segue para votação em segundo turno, o que deve ocorrer ainda no primeiro semestre de 2018.

De acordo com o projeto, aprovado em primeiro turno nessa segunda-feira (18), a institucionalização fortalece a cadeia produtiva do setor têxtil na região Centro-Oeste, incentiva a produção e comercialização de vestuário, a promoção do desenvolvimento e a divulgação de tecnologias aplicáveis ao setor industrial.

Além disso, o texto contribui para a geração de empregos e para o aumento da renda, principalmente mediante ações voltadas para o setor, observando-se os princípios do desenvolvimento sustentável.

De acordo com a iniciativa, integrarão o Polo da Moda os municípios de Aguanil, Araújos, Arcos, Campo Belo, Candeias, Carmo da Mata, Carmo do Cajurú, Carmópolis de Minas, Cristais, Divinópolis, Igaratinga, Itaúna, Itapecerica, Nova Serrana, Oliveira, Pains, Perdigão, São Sebastião do Oeste e Pedra do Indaiá.

O Projeto de Lei 4.636/17, de autoria do deputado estadual Fábio Avelar (Avante), já tramitou nas comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e Desenvolvimento Econômico (CDE) onde recebeu emendas.

Uma das modificações suprimiu medida que poderia criar dificuldade na tramitação da matéria. A outra conferiu maior abrangência à denominação do polo, que passa a ser o “Polo da Moda e Confecção de Divinópolis”. O Projeto de Lei deverá voltar, em plenário, para análise em 2º Turno do projeto, no primeiro semestre de 2018.

“Importante lembrar que este projeto conta com a parceria de diretores, lideranças e empresários do Sindicato das Indústrias de Vestuário de Divinópolis (Sinvesd) e da Associação Comercial e Industrial de Divinópolis (ACID).

 

 

Fonte: G1||

Comentários