Prorrogadas as inscrições de oficinas do Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana

O evento organizado pela Universidade Federal de Ouro Preto ocorrerá entre 11 e 26 de julho.

COMPATILHAR:

O evento organizado pela Universidade Federal de Ouro Preto ocorrerá entre 11 e 26 de julho.

O Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana – Fórum das Artes, considerado um dos maiores eventos do estilo no país, prorrogou as inscrições de propostas de oficinas, atrações e eventos culturais para a edição 2015. Os interessados podem se inscrever até o dia 29 de março por meio do site do Festival de Inverno: www.festivaldeinverno.ufop.br. Nesta edição do evento, 20% dos recursos serão destinados, prioritariamente, para apresentações e ações de oficinas originárias de Ouro Preto e Mariana.

Em julho, de 11 a 26 (data prevista), cores, sons e movimentos tomam conta das ruas de Ouro Preto e Mariana. O encontro, organizado pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), em parceria com a Fundação Educativa Ouro Preto (Feop) e as Prefeituras de Ouro Preto e Mariana, abre espaço para debate e mostra de manifestações artísticas locais, nacionais e internacionais. As ações envolvem apresentações, exposições, oficinas e debates nas curadorias de Artes Cênicas, Artes Visuais, Audiovisual, Infantojuvenil, Literatura, Música e Patrimônio, além do Festival com a Escola, que promove apresentações artísticas e oficinas em escolas da rede pública de ensino.

Para inscrições de grupos e artistas profissionais, poderão se inscrever produtoras com CNPJ de todo o território nacional que complementem atividade artística em seu estatuto ou contrato social. Uma novidade é o convite estendido a professores e estudantes de cursos universitários de artes do Brasil para participarem do Fórum das Artes, com suas produções artísticas (espetáculos, performances, exposições, oficinas, etc.). As propostas serão avaliadas pelas curadorias de cada área e o Festival fará contato com os proponentes selecionados e não selecionados por e-mail e/ou telefone. O resultado final da seleção das oficinas e dos eventos será divulgado até o dia 31 de maio, no site: www.ufop.br.

Temática
Inspirado na teoria do filósofo Spinoza, o Festival vem com o tema definido pela afetação de mistura de corpos. Nas manifestações e discussões da arte, o saber move o ser e cria sua essência e virtude. A liberdade, configurada na existência e na ação integrada a uma ética do contentamento, culmina no livre exercício de corpo e alma, de extensão e pensamento, de vício e virtude. Os conhecimentos cambiáveis, os limites fluidos, os sentimentos despertos e as cores da arte são buscados em tudo o que te afeta. A temática abrange o afeto como sentimento e como aquilo que te faz agir, movimentar e criar.

Comentários
COMPATILHAR:

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Prorrogadas as inscrições de oficinas do Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana

O evento organizado pela Universidade Federal de Ouro Preto ocorrerá entre 11 e 26 de julho.

COMPATILHAR:

O evento organizado pela Universidade Federal de Ouro Preto ocorrerá entre 11 e 26 de julho.

 

O Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana – Fórum das Artes, considerado um dos maiores eventos do estilo no país, prorrogou as inscrições de propostas de oficinas, atrações e eventos culturais para a edição 2015. Os interessados podem se inscrever até o dia 29 de março por meio do site do Festival de Inverno: www.festivaldeinverno.ufop.br. Nesta edição do evento, 20% dos recursos serão destinados, prioritariamente, para apresentações e ações de oficinas originárias de Ouro Preto e Mariana.

Em julho, de 11 a 26 (data prevista), cores, sons e movimentos tomam conta das ruas de Ouro Preto e Mariana. O encontro, organizado pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), em parceria com a Fundação Educativa Ouro Preto (Feop) e as Prefeituras de Ouro Preto e Mariana, abre espaço para debate e mostra de manifestações artísticas locais, nacionais e internacionais. As ações envolvem apresentações, exposições, oficinas e debates nas curadorias de Artes Cênicas, Artes Visuais, Audiovisual, Infantojuvenil, Literatura, Música e Patrimônio, além do Festival com a Escola, que promove apresentações artísticas e oficinas em escolas da rede pública de ensino.

Para inscrições de grupos e artistas profissionais, poderão se inscrever produtoras com CNPJ de todo o território nacional que complementem atividade artística em seu estatuto ou contrato social. Uma novidade é o convite estendido a professores e estudantes de cursos universitários de artes do Brasil para participarem do Fórum das Artes, com suas produções artísticas (espetáculos, performances, exposições, oficinas, etc.). As propostas serão avaliadas pelas curadorias de cada área e o Festival fará contato com os proponentes selecionados e não selecionados por e-mail e/ou telefone. O resultado final da seleção das oficinas e dos eventos será divulgado até o dia 31 de maio, no site: www.ufop.br.

 

Temática

Inspirado na teoria do filósofo Spinoza, o Festival vem com o tema definido pela afetação de mistura de corpos. Nas manifestações e discussões da arte, o saber move o ser e cria sua essência e virtude. A liberdade, configurada na existência e na ação integrada a uma ética do contentamento, culmina no livre exercício de corpo e alma, de extensão e pensamento, de vício e virtude. Os conhecimentos cambiáveis, os limites fluidos, os sentimentos despertos e as cores da arte são buscados em tudo o que te afeta. A temática abrange o afeto como sentimento e como aquilo que te faz agir, movimentar e criar.

Redação do Jornal Nova Imprensa UFOP

Comentários
COMPATILHAR:

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.