O primeiro medicamento genérico contra a aids e as hepatites no Brasil passarão a ser produzidos em Minas Gerais. A partir da semana que vem a Fundação Ezequiel Dias (Funed), no bairro Gameleira, na região Oeste de Belo Horizonte, será a responsável pela produção do Tenofovir, que anteriormente era importado a um alto custo pelo Ministério da Saúde.
De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, o medicamento, que será distribuído em todo território nacional, é o primeiro antirretroviral genérico produzido no país.
Segundo a secretaria, a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a produção do remédio, intitulado de Fumarato de Tenofovir Desoproxila, já foi publicada no Diário Oficial da União na segunda-feira (7).
Além do Tenofovir, atualmente, a Funed já produz outros dois medicamentos antiretrovirais. A fundação também é a responsável pela fabricação do Nevirapina e Lamividuna + Zidovudina, remédios que compõem o coquetel de tratamento da aids.
Na manhã desta quinta-feira (10), o Secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques dará uma coletiva sobre a produção do primeiro medicamento antirretroviral usado no tratamento da aids em Minas Gerais.

Comentários
COMPATILHAR: