Enquanto uma série de esforços dos governos (?) se voltam para o combate ao mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zica vírus, conclamando toda a população a entrar nesta luta contra o que já se acredita ser o anúncio de uma epidemia de graves consequências, em Formiga, o próprio poder público, ao que parece, colabora com a proliferação do Aedes aegypti, dando clara demonstração de sua incompetência e pouca preocupação com a saúde pública.

A redação flagrou, na manhã desta quarta-feira (20), o estado em que se encontra a caixa d`água que atende o prédio público, conhecido como Centro Especializado em Radiografias Odontológicas (CEO),localizado na rua Quintino Bocaiúva, 376 (conforme mostra a foto).

Detalhe: autoridades a quem o problema está afeto, foram cientificadas desta denúncia há mais de uma semana e, até o momento, nada fizeram em relação à defesa da saúde dos profissionais que ali trabalham, dos milhares de clientes e funcionários das lojas vizinhas ou das centenas de famílias que por ali residem.

Acreditamos que esta demonstração de incompetência ultrapassa os limites do bom senso, e passa a ser caso de Polícia, como aliás, muitos municípios que adotaram um combate efetivo contra o Aedes aegypti tem justificado a entrada compulsória em propriedades em que mesmo sendo privadas, tem denúncias da probabilidade de existência de locais que facilitem a proliferação do vetor.

 

Mais denúncias de descaso 

(Foto: Paulo Coelho)

O portal constatou na mesma visita que os consultórios odontológicos ali instalados há dias deixaram de atender os pacientes por uma simples razão: a autoclave, equipamento indispensável para a esterilização de materiais necessários aos atendimentos, não funciona.

(Foto: Paulo Coelho)

Mamografia: sem funcionar há meses. O atendimento está sendo feito em Santo Antônio do Monte. Mas, a funcionária explicou que a Prefeitura fornece o carro para levar e trazer os que de alguma forma conseguem marcar o exame.

Retratos que ilustram bem a grande panorâmica do atendimento médico no município, à saúde pública, nos últimos anos.

Como diria o velho Bóris, isto é uma vergonha, prefeito!

Comentários
COMPATILHAR: