Na próxima segunda-feira (2), terá início a segunda etapa da Campanha de vacinação contra a paralisia infantil (poliomielite). De acordo com a coordenadora do Setor de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde, a enfermeira Juliana Castro, a equipe irá a pontos estratégicos das comunidades e até de casa em casa para facilitar a vacinação das crianças.
?O objetivo é evitar que pessoas do público-alvo fiquem sem receber a dose por dificuldade de deslocamento. É uma medida para assegurar a vacinação das crianças que moram na zona rural e garantir uma cobertura adequada na localidade?, explica Juliana Castro.
Do dia 2 até o dia 12 de agosto, a vacinação será nas zonas rurais e já no dia 14 de agosto será realizada na área urbana. Nesta data, as unidades de saúde ficarão abertas de 8h às 17h e também funcionará um posto volante na praça Getúlio Vargas, de 8h às 12h30.
A primeira etapa da campanha ocorreu em junho de 2010, quando 3.600 crianças de 0 a 4 anos e 11 meses foram vacinadas. O número significa uma cobertura de 87% de vacinação no município.
Segundo a coordenadora do Setor de Epidemiologia, Juliana Castro, as campanhas ainda são realizadas com a intenção de evitar a reintrodução do vírus no país. A poliomielite ainda não foi erradicada em alguns lugares e a globalização favorece o deslocamento de pessoas e, com isso, o risco de importação do vírus.
?O apoio dos profissionais de saúde, principalmente dos pediatras, nesse assunto é fundamental, para esclarecer e sensibilizar os pais e responsáveis. Muitos pensam que se a criança tomou a vacina na rotina, torna-se desnecessário receber a dose agora. É importante esclarecer que quando se vacina em massa, como na campanha, reforçamos a imunidade das crianças e o vírus vacinal é disseminado na comunidade, evitando que outras pessoas adoeçam?, ressaltou Juliana Castro.
Nos dias da campanha contra a paralisia infantil, na zona urbana e rural, também serão oferecidas outras vacinas para a imunização das crianças, sendo elas: a segunda dose contra influenza AH1N1, Hepatite B, tetravalente (difteria, tétano, coqueluche e Haemophylus influenzae b), tríplice viral (sarampo, caxumba, rubéola), tríplice bacteriana (difteria, tétano e coqueluche), febre amarela, pneumonia, meningite e rotavírus. As crianças que estiverem com o cartão em atraso poderão atualizá-lo no dia da campanha contra a poliomielite.

Confira a tabela da Zona rural:

Segunda-feira (2)
Gonçalves 8h às 8h30 Posto de Saúde
São Pedro 9h às 10h Posto de Saúde

Terça-feira (3)
Córrego do Atalho 7h40 às 7h50 Igreja
Cerrado 10h às 10h30 Posto de Saúde
Retiro 10h às 10h30 Posto de Saúde
Fazenda Boa Esperança 13h40 às 14h Fazenda
Frazões 14h20 às 14h40 Antiga Escola
Lagoa dos Patos e Beretens 15h Pontos

Quarta-feira (4)
Cunhas 8h às 8h30 Posto de Saúde

Quinta-feira (5)
Boa Esperança 8h às 10h Posto de Saúde

Sexta-feira (6)
Vendinha 7h30 às 7h50 Venda
Bar do Zequinha 8h às 8h50 Bar do Zequinha
Ponte Vila 9h às 10h Posto de Saúde
Fivela 10h20 às 10h40 Antiga Escola
Carrefurnas 11h às 12h Carrefurnas
Fazenda do Sr. Paulo 12h10 às 12h30 Fazenda
Marmelada 13h às 13h20 Venda
Fazenda Santa Maria 13h30 às 14h Fazenda

Segunda-feira (9)
Teodoros 7h40 às 8h Igreja
Timboré 9h30 às 10h30 Posto de Saúde
Rodrigues 9h30 às 10h30 Posto de Saúde
Paneleiros 11h às 11h20 Posto de Saúde
Martins de Arruda 11h30 às 11h50 Antiga Escola

Terça-feira (10)
Baiões 8h às 9h Posto de Saúde
Fazenda Velha 9h30 às 11h Posto de Saúde

Quarta-feira (11)
Santa Luzia 7h30 às 8h30 Posto de Saúde
Raiz 10h às 10h20 Igreja
Serrinha 11h às 11h20 Posto de Saúde
Lucianos 11h40 às 12h Venda

Quinta-feira (12)
Padre Trindade 8h às 9h Posto de Saúde
Morro das Pedras 9h30 às 9h50 Antiga Escola
Morro Cavado 10h20 às 11h Igreja

Comentários
COMPATILHAR: