Servidores da Polícia Civil em Divinópolis, Bom Despacho, Pará de Minas, Formiga e Nova Serrana, aderiram, nesta quarta-feira (26), à movimentação de paralisação estadual da categoria.

A mobilização é contra a proposta de reforma da previdência dos servidores de Minas Gerais, que está tramitando na Assembleia Legislativa. De acordo com o Sindicato dos Servidores da Polícia de Minas Gerais (SindPol/MG), a categoria acredita que o projeto trará diversos prejuízos.

Em Divinópolis, avisos foram colocados na porta da delegacia, na Rua Goiás, pedindo que os deputados intercedam a favor da categoria. A assessoria de imprensa do 7º Departamento de Polícia Civil informou que,as atividades essenciais nas unidades que aderiram ao movimento foram mantidas.

Ainda segundo a assessoria da polícia, os demais serviços estão sendo reagendados. O efetivo está mantido conforme determina a legislação.

Reivindicações
De acordo com o Sindicato dos servidores da Polícia de Minas Gerais (SindPol/MG), os policiais, agentes e demais servidores da polícia exigem tratamento igualitário na reforma, e garantia de direitos conquistados nos últimos anos.

A proposta também envolve professores e demais funcionários do Estado de Minas Gerais.

Matéria do G1

Comentários
COMPATILHAR: